Bolsonaro erra nos números e na correção

Depois de acossado pelo tiroteio da Folha de S. Paulo sobre os negócios da família Bolsonaro, o presidenciável resolveu contra-atacar na redes sociais. Resolveu se gabar das economias que fazia com a cota parlamentar a que teria direito. Arrumou uns números trombeteou que havia deixado de gastar cerca de R$ 1,3 milhão. Exagerado.

 

No seu Facebook, incluiu um texto “aguardando” a  Folha e outros repercutir sua postagem. Não se demorou o aguardo. A Folha demonstrou que a economia tinha sido muito menor:

Bolsonaro infla em R$ 800 mil economia que diz ter feito na Câmara

O deputado Bolsonaro se apressou a republicar seu banner “por incorreção nos valores informados anteriormente”. Mas a correção também estava errada. Só que, desta vez, o erro foi contra ele:

 

Eis a tabela oficial, da página da Câmara dos Deputados:

O certo é que o presidenciável está precisando de uma boa equipe de comunicação.