MÍDIA

  • MÍDIA

Nosso encontro no rádio

 

Escute o Momento Hora da Notícia desta quarta-feira(06). Entre outros assuntos, manifestantes de Lula e Bolsonaro quase entram em confronto físico no Espírito Santo, em depoimento o debochado presidiário Sérgio Cabral afirma não ter culpa dos presentes doados a sua mulher por empresários e entrevista ao vivo com o ex-governador Lúcio Alcântara.

http://inconteste.com.br/wp-content/uploads/2017/12/Nosso-Encontro-06-12.mp3
  • MÍDIA

O Povo defende Lula

Pode até parecer solidariedade no mundo dos moluscos. Mas não, foi o jornal O Povo, mais uma vez, fazendo a defesa de seu dileto ex-presidente Lula. Sem qualquer justificativa jornalística, o jornal deu uma página inteira para o advogado de Lula tentar desqualificar o juiz Sérgio Moro. E a página inteira é exatamente a capa do caderno de Política.

Nenhum outro jornal tratou do assunto, muito menos com tal destaque. Na matéria não há qualquer contraponto, nem informação, além dos argumentos e opinião dos advogados de Lula. Não diz, por exemplo, que a defesa de Lula pediu a suspeição de Moro em todas as instâncias da Justiça. Com o próprio Moro, no TRF 4, no STJ e no STF. Apelou até para a ONU.

Dos 9 pedidos de suspeição levantados pela defesa de Lula contra Moro, cinco já foram julgados e negados. No STF, Teori Zavaski já havia negado. Restam só quatro, todas do TRF, e o recurso à ONU. Mesmo assim, a defesa acredita que ainda pode reverter a condenação de Lula. Mesmo assim o jornal Povo vai na onda da defesa e oferece espaço precioso para suas suposições. É mais que crença na absolvição, é torcida e campanha a favor do condenado.

Prova de que a notícia não traz nada de novidade é o próprio texto da manchete: “Defesa VOLTA a atacar…”.

Com raras exceções, todo texto que começa com “volta a fazer alguma coisa” ou “Fulano, mais uma vez” é antijornalístico, que prima pela novidade, pela atração ou relevância do tema. Nenhum desses requisitos está presente na matéria. Aliás, o texto se inicia dizendo que há oito fatos contra Moro, mas citou apenas alguns.

  • MÍDIA

Nosso encontro no rádio

Escute o Momento Hora da Notícia desta sexta-feira (24).Entre outros assuntos, levantamento da Folha demonstra que penas para políticos envolvidos na Lava Jato são maiores do que para os empresários, Taís Araújo se diz vítima constante de racismo, Ciro Gomes continua não acreditando em acordão com Eunício e Diocese de Sobral persegue Rádio Ressurreição, criada pelo padre Sadoc de Araújo, um dos pilares de moralidade e intelectualidade da igreja local.

http://inconteste.com.br/wp-content/uploads/2017/11/Nosse-Encontro-24-11.mp3