Lula não se emenda

O ex-presidente Lula, em novo momento de sinceridade desavergonhada, voltou defender a ditadura capenga da Venezuela.

” A Venezuela tem direito à sua autodeterminação. É o povo venezuelano que deve decidir livremente o destino do país. Se há uma crise institucional, que se busque superá-la por meio do diálogo e da negociação política, mas respeitando sempre os governantes que foram eleitos pelo voto popular, dentro das regras democráticas, como era o caso do presidente Hugo Chávez e é o caso do presidente Nicolás Maduro “.

Essa turma não tem jeito.