Zé de Abreu dá calote na Cultura

O brilhante ator Zé de Abreu, vibrante militante petista e cobrador da moral alheia, teve suas contas reprovadas pelo Ministério da Cultura. Deixou de apresentar as notas fiscais referentes a despesas de sua turnê teatral bancada com recursos públicos, via Leia Rouanet.

Os valores atualizados totalizam R$ 127 mil, que deverão ser restituídos ao Fundo Nacional de Cultura. O total captado foi de R$ 299 mil.

A informação é de Mônica Bergamo, da Folha.